Temas Atuais

Dicas para uma boa conexão sexual nas relações longas

Os casais tem a falsa expectativa que a vida sexual andará sozinha, sobrevivendo apesar de não receber nenhuma atenção ou cuidado. Ledo engano!

Um dos maiores erros que os casais cometem é deixar de investir tempo e energia na vida a dois. Investimos tanta energia, tempo e dinheiro na formação profissional, na carreira, no trabalho, na casa, mas deixamos a vida sexual morrer de inanição. Tudo o que não for alimentado morre. É como uma planta!

Com a rotina do casamento, o casal deixa de se elogiar, deixa de cuidar, se “atira”, não se embelezam mais, não se perfumam, as vezes adotam hábitos inadequados, que acaba com qualquer tesão. Quando vemos o casal ergueu um muro entre eles.

Seguem algumas dicas para evitar que chegue a esse ponto ou para reanimar
 
sua vida sexual:

 
* Elogie! Modere nas críticas e reforce as coisas legais. O casal deve se elogiar,
 
mas não só na hora de transar, senão pode soar falso.
* Comunique! Quando os problemas da vida sexual do casal são silenciados por
 
uma dificuldade de comunicação pode levar a uma baixa qualidade no
 
relacionamento geral. Seja assertivo, fale de suas necessidades de forma direta,
 
tranquila e objetiva.
 
*  Namorem! Preservem o romântico e o lúdico na relação. O casal precisa se
 
organizar para sair, dançar, ir jantar fora, ou ao cinema, passear de mãos
 
dadas, como faziam antes.
 
Pouco diálogo, monotonia e escassa troca afetiva são devastadores para o desejo
 
sexual.
 
Texto da Médica Ginecologista Michelli Osanai coordenadora do núcleo CEFI EDUSSEX - Núcleo de estudos e atendimento clínico em sexualidade.