Temas Atuais

Dia dos pais - Sobre vínculos...

Na sociedade contemporânea, o exercício da paternidade vem ganhando espaço cada vez mais devido a transformações culturais, sociais e familiares. As novas configurações familiares, as mudanças de papéis e o entendimento dos vínculos afetivos, sinalizam a importância da figura paterna para o desenvolvimento infantil.

 

Historicamente, o exercício paterno era evidenciado através da função educadora e disciplinadora, com regras e limites rígidos e repressivos. No entendimento atual, o envolvimento paterno pode ser compreendido como a participação e preocupação contínua e genuína do pai biológico ou substituto, acerca do desenvolvimento e bem-estar físico e psicológico do seu filho. De acordo com a Teoria do Apego de Bowlby (1988), o apego seguro, que é evidenciado pela boa relação entre pais e filhos, é mediado pela afetividade, responsividade das figuras parentais, estabelecimento de limites e segurança, e é um fator fundamental para a saúde mental do indivíduo.

 

Desta forma, atenta-se que a participação do pai ocorre com a criação de um vínculo de afeto seguro e saudável e que repercute diretamente na vida do sujeito, tanto quanto a atuação da figura materna. Sendo assim, hoje sabe-se que pais são dotados de capacidades e habilidades para o exercício da função materna com total maestria! Que possamos ofertar esse espaço para a todos aqueles que desejam ser pais reais.

 

Feliz dia a todos aqueles que ocupam esse desafiador e lindo cargo: ser pai!

 

Artigo escrito por Francine Gonçalves (Psicóloga CRP 07/20757)