Temas Atuais

Mindfulness e Prevenção à Recaída

Outro dia me perguntaram: O que tem a ver meditação com querer deixar de usar drogas?
Pois sim, eu respondi, pode ter tudo a ver!

Imagine você poder perceber as coisas que faz automaticamente. Hábitos, pensamentos, escolhas ou tantos outros comportamentos seus que muitas vezes você gostaria de mudar, e alguns até que você pode se arrepender por cometê-los repetidas vezes. E, não apenas isso, pense em poder ter mais consciência de suas experiências e reações, mais opções de respostas ao mundo, tendo mais clareza do que realmente é importante para você. Poder identificar suas mais profundas necessidades e escolher meios saudáveis de atendê-las. Enfim, posso dizer que meditar é poder se abrir ao que esteja presente em sua mente, em seu corpo, em suas emoções. Poder direcionar sua atenção de maneira consciente a você e ao mundo e identificar melhores maneiras de conviver com tudo que estiver presente em suas experiências de vida, cotidianamente.
E, então, me contestaram: Ah, mas pra meditar eu preciso ir pra um lugar tranquilo, ter muito tempo, não pensar em nada...
Na na não!
A possibilidade de meditação pode ser percebida, por exemplo, neste instante em que você é capaz de manter sua atenção neste texto, mesmo que por questão de segundos. E, ainda, se você observar que saiu do texto e se perdeu em pensamentos envolvendo passado, futuro ou devaneios, você percebe, então, o movimento da sua mente. A partir daí, você pode, de maneira consciente e intencional, retomar sua atenção novamente ao que estiver lendo neste momento.
Feito! Você já pode começar a meditar!
Mindfulness é isto mesmo: direcionar intencionalmente a atenção ao momento presente, sem julgar ou criticar o movimento natural que sua mente tem de se envolver aleatoriamente em pensamentos.
Em geral, a prática de meditação Mindfulness pode ser iniciada com a participação em grupos, com o auxílio de instrutores que se dedicam e estudam para facilitar a prática desse tipo de meditação. Dentre os diferentes protocolos de Mindfulness, há um que foi estruturado para auxiliar na Prevenção de Recaída, conhecido por MBRP. E algo muito interessante é que esse mesmo protocolo não se destina apenas a reconhecer e evitar recaída ao uso de drogas, está indicado também para quaisquer outros comportamentos que desejamos modificar em nós mesmos.
Mindfulness também pode ser um bom caminho para quem está buscando autoconhecimento, desenvolver mais a capacidade atencional, diminuir a reatividade às situações cotidianas, e aprender a regular melhor suas emoções e a desenvolver habilidades de autocuidado, dentre outros pontos que podem levar a uma melhor qualidade à vida e aos relacionamentos.
Seja curioso, procure mais informações e abra-se às possibilidades da meditação.

Tirza Marques Martinez - CRP 07/9368
Psicóloga de indivíduos, casais e famílias
Instrutora certificada de Mindfulness