Qualificando Relações

Como conversar com as crianças sobre a morte?

  • Qua, 17 de Fevereiro de 2016

    Ainda hoje, falar sobre a morte com crianças e um assunto não consensual entre os terapeutas infantis, especialmente quando se trata da participação de crianças em rituais fúnebres. A maneira como a comunicação sobre a perda de alguém próximo acontece também interfere diretamente na maneira como a criança compreende a morte e como irá vivenciar seu processo de luto.

    Muitas vezes, os adultos ocultam informações julgando estar protegendo a criança e evitando seu sofrimento. No entanto, essa ocultação termina por gerar ansiedade e tristeza que podem, inclusive, colocar a criança em dúvida a respeito da confiança e segurança que sente em relação aos adultos que a cercam. Precisamos, ao invés de omitir, adaptar a maneira de comunicar, respeitando sempre sua faixa etária e sua capacidade de compreensão, o que varia de criança para criança.
    E importante evitar metáforas como: “virou uma estrelinha”, “foi morar no céu”, pois o pensamento ainda concreto pode levar a criança a acreditar que a pessoa poderá retornar. Dizer abertamente que a pessoa morreu e que não voltará mais, por mais difícil que seja, ajuda a criança a aceitar a realidade da perda e iniciar seu processo de luto de maneira mais sadia.
    Participar dos rituais também e fundamental para que a criança compreenda o momento familiar e para que se sinta pertencente e respeitada, podendo ser acolhida pelos adultos na expressão de seu sofrimento. A forma como a criança expressa sua dor guarda relação direta com a maneira como os adultos a sua volta se expressam e recebem suas demonstrações emocionais.
    Por isso, adultos que encontram profissionais capacitados para fornecer informações adequadas, conseguem ajudar as crianças a passar por esse processo doloroso e transformador que e a perda de um ente querido, de forma a evitar maiores problemas ao longo do desenvolvimento cognitivo e emocional da criança.

     

     

    Psicóloga Juliana Potter - professora do curso Intervenção em Situações de Luto do CEFI

    Informações do curso: http://cefipoa.com.br/index.php/detalhe-curso-cuiaba/41/curso-de-especializacao-intervencao-em-situacoes-de-luto-